SISTEMAS E SOLUÇÕES

Sist. para Aeronaves de Asas Fixas
  - WAD - Wide Area Display
  - A-1 (AMX)
  - AF-1
  - A-29 (EMB-314 Super Tucano)
  - Aviônicos
  - C-95M e P-95M
  - Dash V
  - KC-390
  - F-5M
  - Simulador - Força Aérea - EHUD
  - Sistema de Guiagem por Acompanhamento de Relevo
  - T-27

Sist. para Aeronaves de Asas Rotativas
  - Anvis HUD
  - D-Atena
  - Micro-Atena
  - STAR - Kit de Guiagem a Laser

Aeronaves Remotamente Pilotadas
  - Skylark® C
  - Skylark® I-LEX
  - Hermes® 90
  - Hermes® 450
  - Hermes® 900

Segurança Pública
  - Safe Border
  - Safe City
  - Safe Ports
  - Safe Sites
  - Sigop
  - Lorros
  - Seros
  - Skeye
  - Simulador Segurança Pública

Sistemas para Blindados
  - DVE - Sistema de Condução Noturna
  - Simuladores para o VBPT - Guarani
  - UT30BR

Sistemas de Comunicação
  - MIPR
  - mTMR
  - MSR-3400
  - SDR-7200HH

Sistemas de Navegação
  - EGI

Sistemas para Tropas a Pé
  - Display de Combate
  - JS EYEPIECE
  - PDU
  - RAPTOR
  - S-NAV

Sistemas Optrônicos
  - Aquisição e Designação de Alvo
  - Família ATENA
  - Família Coral
  - GroundEye
  - Coral CR Atris
  - LIZ-M
  - Loris
  - MARS
  - Oasis
  - Spectro XR

Contrato de Suporte Logístico
  - CLS
  - Login DCS

Sistemas Espaciais
  - Computador de Bordo
  - MMM - Microssatélite Multimissão Militar
  - Suprimento de Energia

Treinamento e Simulação
  - Forças Terrestres - Tatical e QG
  - Forças Terrestres - Treinamento ao Vivo
  - Forças Terrestres - Operadores
  - Forças Navais
  - Simulador Segurança Pública
  - Simulador - Força Aérea - EHUD
  - Simuladores para o VBPT - Guarani


 

Notícias
 
18/Jul/2013
Drones da FAB vão vigiar peregrinos durante missa do Papa em Guaratiba
 

Aviões voarão a 2,7 km de altura para filmar todos os passos de Francisco. Eles vão decolar de Santa Cruz e mandar imagens do Campo da Fé ao RJ.



A Força Aérea vai usar dois drones – veículos aéreos não tripulados (vants, na sigla em português) - para monitorar os peregrinos e fazer a segurança do Papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre no Rio de Janeiro de 22 a 28 de julho.

Segundo o coronel Donald Gramkow, comandante do Esquadrão Hórus, a tropa da Aeronáutica que voa com os drones no Brasil, os dois aviões voarão ininterruptamente, juntos, sobre o Campo da Fé, em Guaratiba, onde está prevista a reunião de entre 1,5 milhão e 2 milhões de pessoas no domingo (28), quando será o encerramento do evento.

“Os aviões ficarão na base aérea de Santa Cruz, que é próxima, a cerca de 14 km do campo de Guaratiba, e enviarão imagens em tempo real para os centros de controle e segurança”, afirma o coronel.

A FAB opera quatro drones do modelo Hermes, da Elbit, com autonomia média de 16 horas e peso de 450 kg. Na operação, porém, apenas dois são empregados. Eles conseguem chegar a uma distância de até 200 km.
“Vamos voar a baixa altitude, cerca de 9 mil pés (cerca de 2,7 km), para não interferir no tráfego aéreo do Rio. Vai depender das nuvens. Naquela região, não podemos subir muito, pois é caminho para todos os aeroportos da região para aeronaves que chegam aos aeroportos da cidade”, pondera o oficial.

Os dois drones voarão ao mesmo tempo, mas em altitudes diferentes, como foi na abertura da Copa das Confederações, durante a partida de Brasil x Japão no estádio Mané Garrincha, em Brasília, dia 15 de junho.
“Um fica em cima, monitorando as pessoas e, o outro, orbitando ao redor, visualizando estradas, peregrinos que se aproximam. A partir que o evento começa, as equipes de segurança nos pedem imagens do que é mais importante”, diz o coronel. Durante a abertura da Copa das Confederações, os drones da FAB filmaram o gol de Neymar sob o México.

As imagens da chegada dos fiéis ao local e da movimentação durante a missa são transmitidas ao Centro de Coordenação de Defesa de Área do Rio de Janeiro, montado pelo Exército no Palácio Duque de Caxias, no Centro do Rio, onde as autoridades estarão reunidas para decidir o que fazer em caso de risco.

As atividades do papa Francisco na cidade do Rio estão sob responsabilidade da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge), do Ministério da Justiça, e dos órgãos de segurança públicas estaduais. Já em Guaratiba, a segurança é das Forças Armadas.

A Sesge e a Polícia Federal informaram que não está no planejamento inicial o emprego dos drones da PF, que são de um modelo concorrente ao da FAB, o Heron, durante a Jornada Mundial da Juventude. Um momento que preocupa é o percurso que o Pontífice fará na orla de Copacabana, onde os jovens estarão reunidos durante dois dias para uma Via Sacra. Isso porque, ao contrário do planejado, o papa Francisco escolheu um papamóvel simples, sem proteção lateral, para se deslocar pela orla da praia e ter mais contato com os fiéis.

Fonte: G1

 
 
 
menu_inf servicos imprensa fornecedores noticias servicos_downloads clientes servicos_trabalhe_conosco gestao_da_qualidade ael sistemas